Uma linguagem de definição de dados (DDL) permite aos usuários especificar um esquema de banco de dados através de um conjunto de definições. Um esquema é o projeto geral de um banco de dados e raramente é modificado. Compõe uma linguagem de consulta banco de dados, como por exemplo, o SQL. Se assemelha a uma linguagem simples (do inglês) e torna fácil a interação do usuário com o sistema de banco de dados. 

DDL fornece comandos para que os usuários consigam criar, alterar e remover estruturas de dados. Veja abaixo os comandos e o que eles fazem: 

  • CREATE : utilizado para criar banco de dados, tabelas, store procedures, entre outros.  
  • ALTER : faz modificações em objetos criados com o CREATE, como inserir ou remover uma nova coluna em uma tabela, alterar o tipo das colunas, etc… 
  • DROP: remove o que foi criado com o CREATE 

Exemplos de comandos DDL

Exemplo 1: O comando abaixo cria uma tabela chamada Persons, com cinco colunas: PersonID, LastName,FirstName,Address e City, cada uma possuindo um tipo especifico de dados associado.

CREATE TABLE Persons ( 
    PersonID int, 
    LastName varchar(255), 
    FirstName varchar(255), 
    Address varchar(255), 
    City varchar(255)  
); 

Exemplo 2: Adicionando na tabela Persons a coluna DateOfBirth. O tipo de dados dessa coluna é date.

ALTER TABLE Persons 
 ADD DateOfBirth date; 

Exemplo 3: Deletando a tabela Persons do banco de dados.

DROP TABLE Persons;  

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, entre com seu nome aqui